Não há dúvidas ao afirmar que o mármore é um dos revestimentos mais usados na arquitetura desde seus primórdios. Seja como protagonista ou base de um projeto, o material é capaz de mudar completamente um ambiente, trazendo a força e singularidade dos milhares de anos de sua formação.

Dentre a vasta cartela de opções, os mármores cinzas se consagram como verdadeiros clássicos da decoração. A composição de veios e tonalidades varia de acordo com o tipo de pedra, passeando por escolhas mais ousadas ou mais neutras – sem nunca perder o impacto no espaço em que está inserido. Pensando nisso, convidamos a arquiteta Fernanda Negrelli, do escritório Negrelli & Teixeira, para falar um pouco sobre o revestimento, confira:

O novo preto

Projeto: Negrrelli & Teixeira | Travertino Silver, NPK Mármores | Foto: Evelyn Muller

O cinza já foi considerado o novo preto na arquitetura graças a sua atemporalidade e força. “Existem alguns anos em que usamos mais, outros menos. Mas é uma cor que está sempre atualizada, dá pra usar sem medo”, afirma a profissional. No projeto, o painel em Travertino Silver, da NPK Mármores, dá vida ao painel com lareira de forma expressiva e, ao mesmo tempo, suave.

Moderno e sofisticado

Projeto: Negrrelli & Teixeira | Gris Navagio, NPK Mármores | Foto: Evelyn Muller

Para a arquiteta, os mármores cinzas são capazes de agregar um tom moderno e elegante aos projetos. “Principalmente os materiais com veios mais marcados podem se tornar grandes protagonistas e trazer mais modernidade para os ambientes”, ressalta.

Composição

Projeto: Negrrelli & Teixeira | Gris Navagio, NPK Mármores | Foto: Evelyn Muller

Na hora de compor, a dica é apostar em contrastes para o espaço. “Eu costumo usar materiais mais quentes, como madeira, linho e cores mais terrosas. Dessa forma aquecemos o projeto e harmonizamos a paleta cromática”, explica a arquiteta. Neste living, o escritório optou por fazer esse jogo de cores e texturas com o mobiliário e os objetos de decoração, que contrastam do painel em Gris Navagio, também da NPK Mármores.

Fonte: Da Redação/Assessoria/NPK Mármores