As inspirações continuam sendo uma constante no trabalho de Marllon Morais e Rodrigo Queiroz, à frente do Estúdio Dentro. Desta vez, os designers atingiram um novo patamar na trajetória do Estúdio, trabalhando no desenho de novas peças, com diferentes processos e matérias-primas ainda não experimentadas pela dupla.

Materiais como o mármore, o granito e o latão maciço fazem parte e dão forma às novas coleções, oferecendo sensibilidade e elegância para as peças. Essas novas séries ampliam a diversidade do catálogo do Estúdio Dentro, além de chancelar um momento de reconhecimento da identidade dos designers. “Temos reconhecido nosso desenho como uma inspiração subjetiva, com um olhar oriental, mas estamos em constante busca da nossa identidade. Nossas referências, vivências transbordam para o nosso trabalho”, explica Marllon Morais O mármore aparece nos centros de mesa coleção Beira e traz consigo inspiração geométrica, transitando entre a leveza dos traços com o peso da estrutura inicial da pedra bruta. A madeira Jequitibá entra de forma poética dividindo o mármore em duas partes, ao mesmo tempo em que as reconecta

Os puxadores e penduradores da linha Arco são feitos em latão maciço fundido, e passam por um processo artístico rico em detalhes, onde cada peça “sofre cicatrizes” durante sua feitura: os moldes onde são produzidos foram pensados um a um e a cada desenforme suas marcas tornam-se únicas, além do processo de polimento totalmente artesanal. A coleção também conta com potes de madeira esculpidos à mão, oferecendo toda a textura orgânica e irregularidade que traduz a originalidade em cada peça.

Os vasos da coleção Aéreo foram idealizados para dar a ideia de conexão entre “céu e terra”, isso porque o vaso tem na parte de cima um disco flutuante que “paira no ar”, e tem a função de criar uma silhueta, como complemento a peça tem hastes geométricas que ligam esse disco a base de pedra, um granito brasileiro que confere o peso e o requinte que esta peça requer, fazendo o efeito de sensação lúdica de leveza e materialidade. Já as peças da coleção Farol trazem a sutileza e linguagem universal, não deixando de lado a identidade marcante e característica do Estúdio Dentro. A madeira aparece nestes vasos de forma diferente, onde o Jequitibá entra mais para enriquecimento e detalhe na base, dando leveza e versatilidade às peças.

Os caminhos de mesa Itabira são objetos que vieram para agregar a coleção anterior de mesmo nome e que já eram composta por vasos com formas geométricas e assimétricas. O novo centro de mesa é uma peça utilitária, podendo ser usado como fruteira, porta objetos e por suas formas e beleza utilizado também apenas como adorno, objeto escultórico ou decorativo.

www.estudiodentro.com.br

Fonte: Da Redação/Assessoria