A valorização do arquiteto no desenvolvimento de espaços mais integrativos é um dos pilares do concurso Weefor Arq. A segunda edição – lançada três anos depois do sucesso da primeira – busca encontrar profissionais em todo o país para elaborar um projeto residencial em Curitiba (PR). Com organização da incorporadora Weefor, o concurso busca ainda celebrar a inovação no mercado imobiliário, abrindo espaço tanto para novos profissionais quanto para profissionais já estabelecidos que desejem rumar por um caminho mais criativo. As inscrições já estão abertas e seguem até 17 de junho, no site weefor.arq.br.

Como cerne de sua atuação, a incorporadora visa questionar certos padrões que dão forma às cidades, desenvolvendo projetos que causem impacto social real e atendam às necessidades das pessoas. É com esse olhar que a comissão julgadora, formada por profissionais renomados selecionados, escolherá um profissional. “O objetivo do concurso é apoiar o desenvolvimento da arquitetura como disciplina fundamental para o desenvolvimento de espaços que promovam experiências mais integrativas do habitar”, explica Maria Eugenia Fornea, sócia-proprietária da Weefor.

Weefor Arq 2022

Democratizar e ampliar o pensamento arquitetônico está na base do manifesto do Weefor Arq, destacando tópicos como a preocupação com o entorno do empreendimento, com a mobilidade do espaço e a integração do projeto à cidade. O modelo participativo é estimulado na seleção através de concurso, colocando o arquiteto no centro do projeto habitacional. “Assim, abre-se maior compreensão para aquilo que será ocupado”, define a sócia da incorporadora.

Para esta edição, o espaço residencial está localizado na Av. Sete de Setembro, próximo à Praça do Japão. No Termo de Referência, a WeeFor explica detalhadamente desde o histórico do bairro e do terreno (que abrigava casas construídas nos anos 70), inspirações e expectativas e até o diagnóstico territorial. Entre as diretrizes para desenvolvimento do projeto, estão conceitos como eficiência hídrica, eficiência energética, acessibilidade e bom aproveitamento da configuração do terreno.

Conceitos como uso consciente do espaço urbano, sustentabilidade e interação entre moradores são ideais da incorporadora. “Iremos usar a tecnologia empregada neste projeto a favor de um bairro mais colaborativo e sustentável, que fomente a cultura local e dê novas opções de mobilidade para todos”, explica Maria Eugenia.

Primeira Edição

A primeira edição do Weefor Arq foi celebrada em todo o território nacional, por sua inovação. Promovido em parceria com a Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura do Paraná (AsBEA/PR), o concurso recebeu 204 inscrições de 14 estados brasileiros. “Não queríamos um projeto exclusivo, mas sim uma proposta inclusiva, aberta e menos engessada, que envolvesse o maior número de pessoas possível no processo. Acreditamos que conseguimos dar uma ótima oportunidade para pessoas talentosas que até então não tinham acesso a esse mercado tão fechado”, comenta Maria Eugenia.

A edição de 2019 premiou a dupla Baldomero Navarro Gomes e Beatriz Froes Nachtergaele, da NN Arquitetos Associados, que ficou responsável pelo projeto do edifício Muda WF. O empreendimento, atualmente em construção no bairro Água Verde em Curitiba, ocupa uma área de aproximadamente 5250 m². O Muda WF terá 52 unidades de apartamentos que vão de 53 m² a 112 m². Em 2021, o projeto ganhou destaque no prêmio global Iconic Awards 2021: Innovative Architecture, organizado pelo Conselho Alemão de Design.

As inscrições para o Weefor Arq – 2ª Edição podem ser feitas no site weefor.arq.br, e estão abertas até 17 de junho.

Fonte: Da Redação/Assessoria