O universo da moda tem sua essência nas criações manuais. Toda passarela desponta repleta de looks trabalhados manualmente e, levando em consideração a sinergia da Ceusa com esse mundo, a empresa apresenta a coleção Bubbles, inspirada em bolhas feitas à mão com tintas em tons de azul.

O feito à mão está na essência do processo criativo dessa linha. Na produção das peças, bolhas de sabão foram produzidas e pigmentadas manualmente, e então aplicadas sobre a placa cerâmica. Após a queima em alta temperatura, a estampa ganhou as cores e um efeito de brilho. Uma coleção rica em detalhes e diversão.

Com o tema Pulse, debruçado nos conceitos: Maximalismo Estimulante, Lúdico Futurista e New Vintage, a Ceusa lança 24 novas coleções este ano. As novidades podem ser conferidas entre os dias 8 e 11 de março, na Expo Revestir 2022, em São Paulo, em um stand de mais de 380m², com uma ambientação que traduz a alegria, criatividade e ousadia da marca.

Sobre a Dexco

Na Dexco, acreditamos que ambientes existem para serem vividos. Para isso, por meio de nossas marcas – Deca, Portinari, Hydra, Duratex, Ceusa e Durafloor — oferecemos soluções que combinam estética e funcionalidade, promovendo conforto e bem-estar. Aqui, acreditamos que temos um papel importante na sociedade e, desde o início da nossa trajetória, as questões ambientais, sociais e de governança pautam nossas discussões sobre o futuro da companhia. Somos uma empresa brasileira, privada e de capital aberto, controlada pela Itaúsa — Investimentos Itaú S.A – e pelo Bloco Seibel. Com sede administrativa em São Paulo, possuímos 21 unidades industriais e florestais estrategicamente localizadas (Estados de Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo), além de três fábricas de painéis na Colômbia – Dexco Colômbia. Estamos também à frente da LD Celulose, por meio de uma joint venture com o Grupo Lenzing e da Caetex, joint venture criada para o plantio de florestas de eucalipto em Alagoas. Nossas ações estão listadas no Novo Mercado (o mais elevado padrão de Governança Corporativa) e na versão 2019/2020 da B3 – ISE.

Fonte: da Redação/Assessoria/Ceusa