Uma marcenaria bem elaborada e em sintonia com o ambiente reflete toda funcionalidade e aconchego de um projeto de interiores. Paredes e tetos também podem receber o acabamento em madeira natural, que proporciona durabilidade, conforto térmico e acústico, sobretudo em apartamentos e prédios corporativos.

Da cabeceira aos painéis de TV, os painéis ripados proporcionam conforto térmico e acústico

Painéis ripados estão em evidência e se tornaram os queridinhos do décor no momento. Por conta disso, a Akafloor – referência na fabricação de pisos prontos de madeira maciça – passou a confeccionar este tipo de produto no Brasil.

“Nós estamos no segmento de pisos de madeira maciça há mais de dez anos e temos conseguido nos destacar por oferecer revestimentos que unem modernidade à sustentabilidade. Seguindo essa linha, ampliamos nosso portfólio de revestimentos para atender a demanda por painéis ripados, mas com a madeira maciça e toda nossa expertise. Eles mudam por completo os ambientes e podem ser aplicados em parede ou teto, por exemplo”, explica Sâmia Rossin, diretora comercial da Akafloor.

Os painéis ripados da Akafloor são indicados para áreas internas e sem contato abundante com água. Eles são feitos de madeira natural Tauari e possuem 13 cm de largura por 2 cm de espessura.

ONDE USAR PAINEL RIPADO DE MADEIRA?

A madeira é a matéria-prima mais adotada para compor ambientes acolhedores e elegantes, que valorizam a natureza ao mesmo tempo em que oferecem um charme especial aos projetos arquitetônicos. Justamente por isso, é bem comum o uso deste tipo de revestimento em dormitórios, salas de estar, jantar, cozinhas e até mesmo em lavabos. Confira abaixo sugestões de projetos desenvolvidos por arquitetos renomados em que os painéis ripados de madeira ajudaram a criar espaços elegantes e com muita personalidade.

PAINEL RIPADO PARA TVs

Neste projeto desenvolvido pela arquiteta Barbara Dundes para um apartamento de uma família da zona leste de São Paulo, o destaque do quarto do casal é o painel ripado de madeira, que faz um jogo entre as paginações para chamar a atenção para a TV. No mesmo imóvel, o item também aparece no quarto de uma das crianças. De acordo com a profissional, as cores do quarto do menino ganharam ainda mais destaque com o ripado de madeira no teto.

A arquiteta Helo Marques também utilizou o painel ripado de madeira como base para a TV da sala e demarcou bem os ambientes deste apartamento do Jardim Europa, em São Paulo (SP). Aqui, o painel e o piso no mesmo tom abrem espaço para um décor que valoriza itens coloridos e cheios de personalidade. Neste projeto, o painel e o piso seguem a mesma tonalidade, mas os ripados também podem ser customizados, caso a ideia seja dar um pouco mais de cor ao local. Eles podem ser envernizados com verniz fosco, tingidor ou até pintado em diferentes cores. Preto e branco são os mais usuais.

Foto: Pedro Mascaro

PAINEL RIPADO PARA CABECEIRA DE CAMA

Já o arquiteto Nildo José usou o painel ripado de madeira como cabeceira de cama da suíte principal deste apartamento de 130m2 localizado em São Paulo. O ponto chave desta proposta era sair da “mesmice” e buscar soluções inovadoras e pouco convencionais para tornar o ambiente acolhedor, primando pela elegância, integração e bem-estar. Aqui, o painel ripado de madeira utilizado contrasta com o cimento queimado do teto, garantindo um aspecto contemporâneo e sofisticado ao ambiente.

Foto: Fran Parente

PAINEL RIPADO NA PAREDE E TETO

Foto: Evelyn Muller

Com ares de casa de campo, a residência em Porto Feliz, interior de São Paulo, traz estilo contemporâneo e tem na madeira o elemento principal do décor. O projeto da Très Arquietura é o destino dos finais de semana de um casal com dois filhos pequenos. A madeira marca presença em todos os ambientes do imóvel, como nesta área que o revestimento está presente nas paredes e no teto.

Fonte: Da Redação/Assessoria