O inverno chegou com temperaturas abaixo de zero na região sul e muito frio e umidade no sudeste e até mesmo no centro-oeste brasileiro. O céu em tons de cinza evidencia o novo ciclo da natureza que exige espaços mais aconchegantes nesta estação. Os tons amadeirados ganham destaque pela aparência natural da madeira, mas são as propriedades térmicas do PVC (matéria prima que é a base dos revestimentos vinílicos) que fazem toda a diferença porque ajudam a manter a temperatura agradável. Além disso, os pisos são fáceis de instalar e não acumulam poeira.

Resistente e feito de PVC, o revestimento vinílico da ePiso garante o conforto térmico, ou seja, ajuda a manter as temperaturas agradáveis nos ambientes, independente da estação do ano. Desta maneira atende aos requisitos estabelecidos pela NBR 15.575 (ANBT, 2013), que trata do desempenho térmico da edificação e de seus sistemas e estabelece os requisitos mínimos que precisam ser considerados e atendidos em função de necessidades básicas de segurança, saúde, higiene e de economia.

Entre os itens que devem ser considerados para que o desempenho ambiental ligado ao conforto e à eficiência energética (dentro da perspectiva da sustentabilidade) estão os revestimentos. O projeto deve considerar as propriedades dos materiais (densidade, calor específico, condução térmica, transmissividade, entre outros) e a forma como se comportam.

A NBR 15.220 (ABNT, 2005) apresenta tabelas com propriedades térmicas dos materiais que constituem os elementos construtivos e traz métodos de cálculo para elementos homogêneos e heterogêneos, de transmitância térmica, fator solar e atraso térmico, entre outros. Especificamente, a terceira parte desta Norma de Desempenho abrange o desempenho dos sistemas de pisos ( internos e externos) destinados às áreas de uso comum e para áreas privativas das unidades, cujo desempenho depende da interação entre todos os componentes, e não só da camada de acabamento (ABNT NBR 15575-3 – Edificações habitacionais – Desempenho – Parte 3: requisitos para os sistemas de pisos).

Todas as linhas da ePiso: Wood Planks, Eco Rock, EcoClick, EcoCorp, EcoContract e EcoContract Stripes atendem às determinações de desempenho térmico da norma. São práticas, eficientes e lindas – já que além dos tons da madeira também são texturizadas. Ideais para quem procura soluções para deixar a casa mais agradável.

A linha Wood Planks é um revestimento versátil e pode ser aplicado em pisos e paredes. Com pequena espessura de apenas 2 mm, com capa de uso de 0,2 mm é indicado para projetos residenciais de tráfego intenso,e comerciais de trafego leve. Os 28 padrões em madeira complementam e potencializam as qualidades do produto.

Padrão Aracajú e Londrina da Linha Wood Planks

Já a linha EcoClick SPC é um revestimento vinílico de alta resistência, que possui sistema de encaixe macho/fêmea e está disponível em dez padrões de madeira. Por ter uma espessura de 3,5 mm, pode ser especificada para projetos residenciais e corporativos de tráfego leve, como lojas, empresas, escritórios.

Padrões Galveston e Dallas da linha EcoClick

ePiso

A empresa possui cinco centros de distribuição: em Itajaí (Santa Catarina), Curitiba, Santo André (São Paulo), Rio de Janeiro e Espírito Santo. Informações: www.ePiso.com.br – Tel. (21) 2225-6277 – www.facebook.com/Episo

Fonte: Da Redação/Assessoria/ePiso